Parte presencial da Pós-Graduação em Pastoral Familiar é concluída em BH

A primeira parte do curso de Pós-Graduação em Pastoral Familiar, oferecido pela Comissão para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em parceria com a Pontifícia Universidade de Minas Gerais, terminou dia 14 de julho, em Belo Horizonte (MG). O primeiro encontro presencial contou com 22 participantes.

Os alunos, no encerramento da parte presencial, mostraram um olhar renovado sobre a Pastoral Familiar de acordo com o assessor da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, padre Jorge Alves Filho. “Há um desejo de que esta formação permaneça para preparar melhor os padres e agentes da pastoral familiar”, disse.

Após a primeira fase presencial, o curso continua online. O próximo encontro dos alunos é em novembro. O curso, que funciona de forma semi-presencial, tem a missão de promover a evangelização e a promoção humana e social das famílias, bem como articular e congregar o desenvolvimento da Pastoral Familiar. Segundo padre Jorge Alves Filho, o intuito é estar atento aos desafios que a família tem enfrentado na realidade contemporânea.

Padre Jorge foi um dos professores selecionados para ajudar os alunos em torno da temática da família e da evangelização. Ele esteve na primeira aula presencial dos alunos. Na ocasião, explicou que esta etapa acontecerá até o dia 14 de julho, depois os alunos permanecerão com as atividades de forma ‘online’, e futuramente, de acordo com o cronograma do curso se encontrarão mais vezes.

O curso é destinado a profissionais com formação superior como agentes de pastoral em geral, agentes de pastoral familiar, interessados na relação famílias/religião, lideranças, profissionais que lidam com a questão familiar e possuem interesse em compreender a perspectiva pastoral ou agir em diálogo com as religiões. Neste sentido, se propõe a qualificar os agentes de pastoral em três níveis: bíblico, teológico-pastoral e sócio-antropológico.

O conteúdo programático inclui os seguintes temas: Introdução à Sagrada Escritura; Introdução à Pastoral; Pastora Familiar; Desafios pastorais: casos especiais; Acolhimento, aconselhamento e escuta familiar; Família na Bíblia e nos documentos da Igreja; Espiritualidade Familiar; Teologia do corpo, da sexualidade e do prazer; Sacramentos e vida familiar; Teologia Moral; A Família na História; Psicologia e Família; Desafios Contemporâneos à Família.

A previsão é a de que esta turma conclua o curso em meados de janeiro de 2018. Participam estudantes de várias regiões do país, entre elas: Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso.

Share This