Cáritas Brasileira inicia ativismo nas redes sociais pelos refugiados

O Dia Mundial do Refugiado, celebrado na terça-feira, 20 de junho, é um convite para que governos e sociedade lancem um olhar solidário e estabeleçam políticas capazes de garantir acolhida digna para pessoas que, por causa de guerras, perseguições e violações de direitos humanos, encontram-se nesta condição.

Unindo-se a essa corrente de esperança e conscientização, a Cáritas Brasileira inicia hoje, 20, dez dias de ativismo nas redes sociais pelos refugiados. De acordo com dados divulgados pelo ACNUR (Agência das Nações Unidas para Refugiados), na nova edição do relatório Tendências Globais, os deslocamentos forçados causados por guerras, violência e perseguições atingiram em 2016 o número mais alto já registrado.

Veja a íntegra.

Share This